Home / Destaques / Sindseps exige garantias de segurança e unidade de saúde na Santa Cruz ficará fechada por tempo indeterminado

Sindseps exige garantias de segurança e unidade de saúde na Santa Cruz ficará fechada por tempo indeterminado

Após a reunião realizada no auditório da Secretaria Municipal de Saúde [SMS], ficou decidido que a unidade de saúde da Santa Cruz permanecerá fechada por tempo indeterminado. A decisão foi tomada após a situação onde servidores e alguns usuários foram feitos de reféns por bandidos em fuga, na tarde de ontem [10].

Atuando em defesa dos direitos dos colegas, diretores do sindicato participaram da reunião e apontaram a necessidade de garantir a segurança e integridade dos servidores. “Diante dos fatos acontecidos, não há possibilidade de continuar com o atendimento naquela unidade. A população sofrerá por conta da falta de responsabilidade da Prefeitura em garantir a segurança para os trabalhadores e os usuários. Exigimos que todas as unidades que estejam em áreas consideradas perigosas passem a integrar uma ação de garantias plenas de funcionamento”, disse o diretor do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador, Everaldo Braga [Sindseps].

Comentando a fala do prefeito de Salvador, onde o mesmo declarou que a situação “mostra mais uma vez como é que tá o caos da segurança pública na Bahia”, o sindicalista rebateu dizendo que mesmo com os erros de gestão na segurança pública, a Prefeitura é quem deve garantir a integridade nas unidades de saúde e demais órgãos do serviço público municipal. “Não podemos ter policiais fora das ruas para atenderem as necessidades da Prefeitura. Seria bom se isso pudesse acontecer de forma que as ruas estivem policiadas e os prédios públicos também. Por outro lado, o concurso público é a principal solução para enfrentar isso, onde o prefeito contrate mais guardas civis municipais e o governo do estado absorva mais policiais. O combate ao crime e a garantia da vida não se faz com discurso politiqueiro e sim, com atitude política”, finalizou Braga.

Além disso, verifique

Aposentadoria especial para guardas municipais em pauta na Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei Complementar (PLP) 531/18, do deputado Carlos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *