Home / Destaques / “Rosa e Outros Tons”: uma ação mobilizadora e inovadora do Sindseps no Outubro Rosa

“Rosa e Outros Tons”: uma ação mobilizadora e inovadora do Sindseps no Outubro Rosa

O projeto “Rosas e Outros Tons” realizado pela diretoria do Sindseps foi um sucesso em sua primeira ação. As diretoras, colaboradoras, filiadas e convidadas do nosso sindicato tiveram uma manhã de conscientização acerca da necessidade dos cuidados com a saúde e a defesa da vida. Intitulado “Toque-se”, esse primeiro ato aconteceu nessa quinta-feira [05].

Com um delicioso café da manhã, a atividade foi aberta pela diretora Edna Maria que falou da política de valorização e empoderamento da mulher promovida pelo Sindseps. Continuando, a diretora Iana Melo apresentou os quatro eixos temáticos do projeto “Rosa e Outros Tons”. Uma palestra sobre o câncer de mama foi apresentada pela agente de saúde e biomédica Adejailda Oliveira. O ponto alto foi o “Aulão de Defesa Pessoal”, onde as participantes puderam aprender alguns técnicas de reação à ataques, seja no ambiente doméstico ou nas ruas.

No próximo dia 11 de outubro [quarta-feira], a partir das 08h, na sede do Sindseps, vai acontecer a segunda etapa do projeto. O “Cuide-se” oferecerá serviços de avaliação de saúde e aplicação da terapia corporal conhecida como auricoloterapia. Além disso, várias atividades de sensibilização e mobilização para o empoderamento da mulher serão realizadas no dia.

Auriculoterapia – A auriculoterapia é uma terapia que consiste na estimulação com agulhas, sementes de mostarda, objetos metálicos ou magnéticos em pontos específicos da orelha para aliviar dores ou tratar diversos problemas físicos ou psicológicos, como ansiedade, enxaqueca, obesidade ou contraturas, por exemplo. A biomédica Adejailda Oliveira explicou  como é feito o tratamento. “Na nossa orelha existem centenas de pontos que podem estimulados e com isso acontece a sensação de relaxamento, alívio e bem estar. A auriculoterapia é uma técnica milenar e que estimula regiões do sistema nervoso central. Esse tratamento é algo que tem ajudado com que as pessoas tenham uma série de benefícios corporais”, disse Adejailda que também é acupunturista.

A diretoria Iana Melo comentou o primeiro dia do projeto “Rosa e Outros Tons” e acredita no sucesso da ação promovida pelo sindicato. “Quando pensamos esse projeto, inicialmente estávamos conduzindo com a proposta da sensibilização para a prevenção do câncer de mama. Surgiram algumas sugestões de outras diretoras da entidade e colegas servidoras. Com isso, incrementamos as atividades e o resultado foi um projeto multidisciplinar que busca fortalecer o papel da mulher na sociedade. Pela participação e engajamento das nossas convidadas no primeiro dia, creio que esse mês será um marco importante na história do nosso sindicato”, disse Iana.

Sentimento semelhante foi compartilhado pela diretora Edna Maria. A sindicalista afirmou que outros projetos serão realizados voltados à figura feminina. “O Sindseps inova na sua ação sindical mais uma vez. Vivemos tempos onde a figura feminina tem sido ameaçada por vários fatores domésticos e externos. No serviço público não é diferente e pretendemos mobilizar sempre pra combater esses riscos. Nosso próximo passo é criar o Observatório da Diversidade Social para ser um instrumento de combate às práticas assediadoras contra mulheres e LGBTT’s. Para isso, vamos buscar parcerias com entidades que já trabalham nesse sentido e inovaremos também nesse sentido”, apontou Edna.

 

Além disso, verifique

Sindseps luta junto com colegas das empresas públicas e garante aprovação do plano de saúde

Cada conquista obtida com nossa luta tem um sabor especial e diferente. Na tarde dessa ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *