Home / Destaques / Maioria: categoria aprova proposta de acordo em assembleia geral

Maioria: categoria aprova proposta de acordo em assembleia geral

A decisão democrática dos presentes à assembleia geral convocada pelo Sindseps foi no sentido de aceitar o acordo proposto pela gestão municipal. O ato realizado na manhã dessa quinta-feira (31), na frente da Semge [Secretaria Municipal de Gestão] foi mais um momento de protagonismo na escolha do servidor municipal.

Vários servidores municipais se pronunciaram em defesa de suas escolhas e puderam decidir de acordo com as suas interpretações acerca do texto lido e esclarecido pelos diretores do sindicato.

A partir de setembro/2017, a prefeitura se compromete em implantar o enquadramento por tempo de serviço previsto na Lei 8629/2014. Além disso, prevê ainda que exista avanço de um nível em 2,5% para servidores com menos de 08 (oito) anos em 01/01/2015 que não fariam jus ao enquadramento em maio de 2016, conforme o Planão exige. O texto traz ainda, a implantação de um nível salarial na ordem de 5,5% para servidores abrangidos pela Lei 7867/2010. Cabe salientar que esses avanços são devidos pela prefeitura desde maio/2016.

Um projeto de lei a ser enviado ao Legislativo municipal estenderá o reajuste de um nível (2,5%) para servidores das empresas públicas (Limpurb, Desal, Cogel e Saltur) e para os PS’s da Transalvador. A concessão do auxílio-fardamento por meio de legislação será enviada para a Câmara Municipal de Salvador para aprovação dos vereadores. Em clara correção do texto anteriormente apresentado que foi solicitada pelo Sindseps, a mesma mensagem trará o auxílio alimentação para os servidores municipais lotados nas UPA’s.

A Prefeitura se compromete em implantar até novembro/2017, os indicadores de apuração para pagamento da GIQ [Gratificação de Incentivo à Qualidade] prevista na Lei e que pode chegar até o percentual de 50%, conforme ressalva apontada pela diretoria do sindicato. Outro item contemplado no acordo foi o início dos estudos para avaliar a possibilidade de implantação da assistência à saúde dos servidores das empresas públicas.

Mesmo com o texto proposto, a diretoria do Sindseps ainda propôs que fossem marcadas as primeiras datas para cumprimento dos itens apresentados. O início da discussão do Plano de Cargos específicos dos agentes de saúde foi marcada para o próximo dia 06/09. Uma assembleia setorial da categoria será anunciada pelos sindicatos que representam os trabalhadores [Sindacs e Sindseps].

Clique aqui e confira imagens da assembleia

Além disso, verifique

Assembleia contra o Não Enquadramento na SMS

7 comentários

  1. Esse pagamento de 2,5% e demais será ainda para o mÊs de setembro ?

    • Esse pagamento de 2,5% e demais será ainda para o mÊs de setembro ?

      quanto tempo demora para dar retorno a uma pergunta?

    • Bom dia Aline,

      Segundo informação da Secretaria Municipal de Gestão [Semge] – a quem cabe a programação da folha de pagamento – tal incremento devido aos servidores deverá constar sim no recebimento de setembro. Esperamos e estamos vigilantes para que isso aconteça devidamente. Obrigado pela confiança.

  2. Bom dia, acabei de ler a mensagem que o prefeito encaminhou à Câmara de vereadores acerca do acordo com o sindseps sobre a campanha salarial, sendo que o texto não fala na implantação de um nível salarial na ordem de 5,5% para servidores abrangidos pela Lei 7867/2010.
    Por favor, gostaria de esclarecimentos.
    Grato

    • Olá colega Carlos

      Os avanços salariais devidos pela Prefeitura em relação aos profissionais da saúde – ressaltamos são devidos – visto que já constam da referida Lei citada pelo colega. Portanto, o que resta é o prefeito ter a responsabilidade de cumprir o disposto nessa legislação e o acordo feito pela Semge de que o fará ainda nesse mês de setembro. Por isso, tal avanço não precisa de constar em outra mensagem ou projeto de lei. Esperamos ter esclarecido ao colega e estamos à disposição para qualquer outra dúvida. Obrigado pela confiança.

  3. Boa tarde,
    Esse avanço de um nível em 2,5% é para os servidores com menos de 8 anos ou até 8 anos em 01/01/2015?

    • Olá colega Giovanna,

      O texto fala em servidores com menos de 08 anos de tempo de serviço em 01/01/2015 que não faziam jus ao enquadramento previsto em maio de 2016.

      Agradecemos a confiança

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *