Home / Sua saúde / São 3 minutos para sair do sedentarismo

São 3 minutos para sair do sedentarismo

Se você se cansa muito rápido ao tentar fazer exercícios de alta intensidade ou não pratica alguma atividade física há tempos, é importante dar o primeiro passo: querer! Para contribuir com essa decisão de abandonar o sedentarismo , o preparador físico Vinícius Possebon preparou um treino voltado para as pessoas que querem mexer o corpo e não sabem por onde começar.

Ao todo, são três minutos para que as pessoas saiam do sedentarismo , consigam fazer os exercícios em qualquer ambiente da casa e ainda deem um choque no metabolismo, fazendo com que ele possa funcionar em até 48h. “Respeite seus limites. Comece devagar até conseguir ter mais condicionamento físico”, completa Possebon, criador do programa Q48, que tem como base o HIIT (Treino intervalado de alta intensidade).

O preparador explica que os três exercícios escolhidos – agachamento, polichinelo e froggue – não têm impacto e não irão prejudicar as articulações. “Apesar disso, é importante passar por um médico e ter a liberação dele”, completa.

Já para as pessoas que praticavam atividades físicas mas pararam por alguma razão, o processo para se adaptar novamente aos treinos é mais rápido. “Entretanto, a dinâmica é muito parecida com quem é sedentário e nunca praticou uma atividade física”, salienta.

Esses exercícios devem ser feitos durante 15 segundos e repetidos quatro vezes. Veja como executar o treino e sair do sedentarismo:

Agachamento: 15 segundos

Agachamento: Com as pernas levemente afastadas, basta flexionar os joelhos até a metade e subir em seguida. É importante lembrar de sempre jogar o quadril para trás, para não forçar o joelho. “Se tiver dificuldade para agachar 90º, pode começar com 45º”, exemplifica Possebon. [Confira clicando aqui]

Polichinelo – 15 segundos

Ponha os braços dos lados do corpo e alinhe os pés aos joelhos. Em seguida, pule com as pernas para as laterais e, ao mesmo tempo, estenda os braços em cima da cabeça. Volte para a posição inicial. [Confira clicando aqui]

Froggue – 15 segundos

Em posição de prancha, leve uma perna em direção ao braço, fazendo o joelho passar um pouco à frente do cotovelo, enquanto a outra se estica. Alterne as pernas, fazendo um movimento parecido com o de um sapo. “Neste caso, deixe o abdômen bem contraído para que o quadril não desça”, orienta.  [Confira clicando aqui]

Além disso, verifique

Diretores do Sindseps defendem pautas dos agentes de saúde no Congresso Nacional

Uma jornada de lutas que reedita grandes momentos da nossa categoria na capital federal. Onde ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *