Home / Destaques / Associação denuncia falta de salva-vidas nas praias da Cidade Baixa e do Subúrbio Ferroviário

Associação denuncia falta de salva-vidas nas praias da Cidade Baixa e do Subúrbio Ferroviário

O banho de mar continua sendo umas das principais diversões na capital baiana. Apesar do cenário convidativo das águas quentes, o perigo está sempre presente. As praias da Cidade Baixa continuam desguarnecidas e os banhistas correm riscos à cada mergulho, principalmente na Penísula Itapagipana e orla do Subúrbio Ferroviário. A tragédia anunciada aconteceu no último domingo (05), quando dois jovens tiveram suas vidas ceifadas por afogamento, na região da Penha, no bairro da Ribeira.

Sempre empenhados em defender a vida humana no mar, os salva-vidas da capital baiana constantemente denunciam o descaso da Prefeitura de Salvador em prover as praias da Cidade Baixa com postos de salvamento aquático.

“Nenhuma das praias da região da Cidade Baixa e Subúrbio possuem salva-vidas. Os próprios banhistas e comerciantes realizam os salvamentos de maneira heróica e solidária, mas também colocam suas vidas em risco de morte. Falta concurso público para preencher as lacunas que existem no quadro da Salvamar [Coordenadoria Municipal de Salvamento Aquático]”, denunciou o diretor do Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador – Sindseps, Pedro Barretto, que também preside a Associação Baiana de Salvamento Aquático (Abasa).

Segundo Barretto, o sucateamento do órgão tem sido combatido com ações promovidas pelos próprios salva-vidas. A falta de equipamentos e condições de trabalho nas praias são fatores que prejudicam a ação dos profissionais. “Nossos mirantes servem como abrigo de marginais e estão depredados. As barracas não resistem à ação do tempo, o fardamento é deficiente e até mesmo, o protetor solar não é o recomendando para o período que ficamos expostos ao sol. Nosso salário tem sofrido defasagem e o prefeito não cumpre a lei do Plano de Cargos e Vencimentos aprovado e sancionado por ele mesmo. Salvamos vidas porque essa é a nossa missão e o reconhecimento é dado pela população que sabe o valor de nosso trabalho heróico”, disparou o dirigente.

Os salva-vidas participam da assembleia geral dos servidores municipais que acontece nesta quarta-feira (08), às 08h30, no ginásio de esportes do Sindicato dos Bancários, na Ladeira dos Aflitos. A mobilização faz parte da Campanha Salarial 2016 ainda em curso.

Além disso, verifique

Assembleia geral da Campanha Salarial 2018

Um comentário

  1. Há alguns de vocês que eu gosto. Gosto até dos que tomam decisões das quais discordo, e que pouco resultam nas devidas melhorias esperadas pelo Servidor. Porém, é uma vergonha gente de luta como Everaldo aceitar elementos despreparados, vulgares e inescrupulosos como Drão Drão para integrar a Direção do SINDSEPS. Por estes e ouros decidi me desfiliar. Espero que evoluam e retirem gente que não presta como este ignóbil do Drão Drão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *